Na ultima quarta-feira  (01), a Secretaria de Assistência Social, de Alto Parnaíba/MA, realizou uma mobilização municipal em defesa dos recursos do Sistema Único da Assistência Social (SUAS).

Os manifestantes eram entidades que compõem a rede do Centro de Referência e Assistência Social no município. Eles protestaram contra a proposta orçamentária encaminhada pelo Ministério do Planejamento à Câmara dos Deputados que visa suspender investimentos destinados a projetos e programas sócio-assistenciais destinados aos grupos de vulnerabilidade social no próximo ano.

De acordo com a previsão do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), os impactos no corte de verbas do Serviço Social pode superar R$ 3 bilhões em 2018.

O município aderiu a mobilização Estadual, e Federal, porque o CRAS, possui recursos beneficiam idosos, jovens e adultos carentes. A manifestação  teve início às 16 horas, na Praça Homerino Segadilha, no centro da cidade e contou com a participação de autoridades, e sociedade civil organizada, que repudiaram as ideias do Governo Federal, que põe em risco a política local da Assistência Social, mobilizando conselheiros tutelares, secretárias de Agricultura, Pecuária e Pesca, Meio Ambiente e Recursos Naturais, Secretaria da Comunicação, dentre outras.

Nossa equipe conversou com a Secretária de Assistência Social Silvânia dos Reis Silva, sobre a importância da mobilização para a manutenção dos programas sociais no município “Nós sabemos que SUAS ele é o Sistema Único da Assistência Social, onde traz os benefícios para aqueles cidadãos que estão mais vulneráveis, precisando de benefícios. E esses benefícios são garantidos em leis, e com esse retrocesso que o governo federal está querendo fazer, nos vamos perder todos esses direitos que são assegurados em leis, e nós não queremos deixar que isso aconteça. Então esse é um movimento que acontece no país, onde tentamos sensibilizar nossos deputados, nossa bancada, para que eles se comovam com essa situação e não deixar que os nossos direitos tenha retrocessos, e sim melhorar os nossos recursos”, afirmou ela.

A seguir conversamos com Alzerina Carvalho do Reis, para saber o porque ela havia se interessado pela mobilização a favor do Sistema Unico de Assistência Social “Porque programa como o Bolsa Família para nós aqui é muito interessante, eu graças a Deus nunca precisei, mas têm muitas pessoas da gente que precisam também, muitas pessoas necessitadas que precisam desses benefícios do SUAS, para criar seus filhos”, disse ela.

A Coordenadora do CRAS, Lucilene Mascarenhas ressaltou a importância da luta coletiva para a garantia dos programas sociais no município. “Boa tarde a todos, nós temos essa preocupação porque tudo aquilo que nós conseguimos por direito, e a gente de repente ver assim simplesmente tudo sendo subtraído, e nós não fazermos nada, em defesa daquilo que acreditamos, como os nossos direitos, pois o SUAS, não é favor é um direito conquistado”, ressaltou ela.

Posteriormente ouvimos a vereadora Maria dos Anjos, para saber qual seria as vantagens da participação do vereador numa mobilização como esta que defende a manutenção do SUAS no município. “É importante porque o vereador representa a população, então esta manifestação é em prol da defesa dos direitos dos mais pobre de nosso município “, disse ela.

Secom